top of page
  • Foto do escritorFauusp Jr.

growth hacking: o que o c&m tem a ensinar?

Atualizado: 10 de dez. de 2021

Esse é o primeiro artigo da série "o que a FAUUSPJr. tem a ensinar?", começando pelo departamento de comunicação & marketing que vai explicar um pouquinho sobre growth hacking: O que é? Como funciona? Por que aplicar?



O que é growth hacking?


Conceituado pela primeira vez por Sean Ellis, growth hacking é uma forma ágil de pensamento baseada na inovação. Uma estratégia que pretende possibilitar o crescimento exponencial da sua empresa por meio de um processo transdiciplinar contínuo, usado para descobrir meios de gerar crescimento acelerado e sustentável.


Como funciona o growth hacking?


O growth hacking não é um processo linear, ele é baseado na experimentação:


1. seu time cria hipóteses (ex: se a gente mudar a cor do botão de compra do nosso site, a quantidade de compras vai aumentar)

2. essas hipóteses são colocadas em prática em sprints curtos, de uma ou duas semana

3. os dados são coletados afim de comprovar ou refutar a hipótese inicial (seja por alguma ferramenta de análise, ou pesquisas)


E dessa forma um ciclo se fecha, o aprendizado é absorvido, e o outro começa com mais uma hipótese.


É importante que as variáveis sejam isoladas.


O que isso quer dizer? Quer dizer que, por exemplo: se você estiver testando mudar a cor do botão simultaneamente com a descrição de um produto e então as vendas aumentarem, como saber qual dessas mudanças despertou esse crescimento em compras? É necessário isolar cada variável para sabermos exatamente os resultados individuais de cada


Como aplicar growth hacking na minha empresa?


A primeira coisa a se fazer é entender a metodologia e em seguida podemos colocá-la em prática.


Você pode criar um backlog de experimentos, isso é, uma planilha que resgistre todas as hipósteses de experimentos que você e sua equipe pretendem fazer: objetivo, tempo estimado, a categoria do funil em que esse experimento se baseia, status, a métrica para saber se ele deu certo, resultado esperado e resultado adquirido.


Por exemplo, eu acredito que mudar a cor do botão de compra do meu site vai fazer com que a quantidade de vendas aumente, então eu posso registrar no meu backlog


Experimento: mudar a cor do botão de vendas

Objetivo: aumento da quantidade de vendas

Tempo estimado: vou deixar essa alteração por duas semanas

Categoria do funil: aquisição

Status: a fazer, fazendo ou feito

Métrica: número de vendas, que pode ser analisado no google analytics do meu site

Resultado esperado: aumento em 20% no número de vendas semanais


Ao final do experimento você pode analisar e registrar os resultados e passar para o próximo experimento da lista. Tente priorizar a ordem em que esses experimentos vão acontecer.


Para isso você pode usar três fatores: quanto você acredita que aquele experimento gera de valor, quanto você confia que ele vai funcionar, e qual a facilidade de fazê-lo.


É bom lembrar que você deve fazer essa análise em conjunto com a sua equipe. O ideal é que ela seja composta de profissionais de outras áreas, que, dessa forma, têm outras especialidades e vão agregar ao pensamento crítico, segundo a visão de mundo deles.



Por que aplicar growth hacking na minha empresa?


Bom, no mundo atual muita coisa mudou, a internet foi responsável por uma grande flexibilização no funil de vendas, que agora tem que ser enxergado com outros olhos.


Segundo Seth Godin no seu livro "Purple Cow", já passamos por três momentos do marketing:


-Antes da publicidade: bastava ter produtos que satisfazia necessidades, ele acabava na boca do povo, e fazia grande sucesso nesse boca-a-boca;


-Durante a publicidade: a combinação da prosperidade da época, que gerava muitos desejos nos consumidores, e o poder da televisão levaram à fórmula mágica: se você fizer propraganda diretamente pra todos os consumidores disponíveis, as vendas vão aumentar;


-Depois da publicidade: praticamente voltamos a estaca zero, mas invés do produto ser propagado no boca a boca, a internet possibilita que as ideias se difundam com uma grande rapidez entre segmentos da populção. Mas nós estamos muito ocupados para prestar atenção em publicidade e desesperados por produtos que solucionem nossas dores.


A questão é que o marketing na atualidade adquire diversas características e só é possivel encontrar o que funciona na sua empresa testando. Acredite, o que funciona hoje, talvez, amanhã não funcione mais.


É por isso que o growth hacking é uma ferramenta tão poderosa: por que se baseia no essencial ao mundo moderno: inovação.



Fontes e material para se aprofundar


-Rock Content, O que é Growth Hacking: pensando fora da caixa para acelerar sua empresa, Por Valentina Giraldo https://rockcontent.com/blog/growth-hacking/

-Alura, Curso de Growth Hacking: crescimento para negócios digitais, por Aline Roque Klein, https://cursos.alura.com.br/course/introducao-growth-hacking

-Godin, Seth, Purple Cow, Penguin Books, 2005

1 visualização0 comentário

Comentários


bottom of page